Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Obstáculos

 

Foto tirada por TiBéu

Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Então, ele se escondeu e ficou observando para ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra.

Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali. De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais.

Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali. Após muita força e suor, ele finalmente conseguiu mover a pedra para o lado da estrada.

Ele, então, voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho.

O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendeu: "Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição".

 

Autor desconhecido

publicado por TiBéu ( Isa) às 14:34
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Ser amigo é uma honra!


Um dia, estava em minha casa (eram umas onze horas da noite) quando recebi o telefonema de um querido amigo meu.

Seu telefonema me deixou muito feliz.

A primeira coisa que ele me perguntou foi:

"Como você está?"

E, sem saber porquê, eu lhe respondi:

 "Muito só..."
- Você quer conversar? – ele perguntou.
- Sim.
- Você quer que eu vá até a tua casa?.
- Sim – respondi novamente.
Desligou o telefone e, em menos de quinze minutos, lá estava ele à minha porta.

Falei por horas de meu trabalho, minha família, meus problemas e dúvidas, e ele, atento, me escutava sempre.
Naquele dia, eu estava muito cansado, mas a companhia de meu amigo me fez muito bem.

Do começo ao fim, ele me escutou, me apoiou, me aconselhou.

Assim, quando notou que eu estava melhor, disse:
- Bom, agora preciso ir trabalhar...
Surpreso, eu lhe disse:
- Amigo, porque não me disse antes que teria que ir trabalhar... veja que horas são, você não conseguiu dormir nenhum pouco; eu roubei seu tempo por toda noite.
Ele sorriu e disse:
- Não tem problema, para isso existem os amigos!
Ao ouvir isso, fiquei feliz em saber que podia contar com um amigo assim. Eu o acompanhei até a porta de minha casa e, quando ele caminhava até o seu carro, gritei:
- Ei, amigo, por que me telefonaste tão tarde? O que você queria?
Ele voltou e me disse com voz baixa:
- É que queria te dar uma notícia...
- O que aconteceu?
- Fui ao médico e ele me disse que meus dias estão contados.

Assim, só posso esperar...
Naquele momento fiquei mudo. Ele sorriu e disse:
- Tenha um bom dia, amigo!
Entrou no seu carro e se foi...
Precisei de algum tempo para assimilar a situação.

Quando ele me perguntou como eu estava, me esqueci dele e só falei de mim.

Teve forças para sorrir, me escutar e dizer tudo o que disse.
Aprenda a não ser tão crítico com seus problemas e se preocupar somente com eles – e com você.
Aproveite o seu tempo para estar mais perto das pessoas que ama, perguntar como elas estão e se interessar mais por elas, sem esperar nada em troca.

Tente sentir mais profundamente aqueles que estão à sua volta e aqueles que passam por sua vida...

Não existe amor maior do que dar a vida a favor dos amigos!
Fazer um amigo é um dom!

Ter um amigo é uma graça!

Conservar um amigo é uma virtude!

 Ser um amigo é uma honra!
 

publicado por TiBéu ( Isa) às 08:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

O Porteiro do Prostíbulo


Não havia no povoado pior ofício do que "porteiro do prostíbulo".
Mas outra coisa poderia fazer aquele homem? O fato é que nunca tinha aprendido a ler nem
escrever, não tinha nenhuma outra atividade ou ofício.

Um dia, entrou como gerente do prostíbulo um jovem cheio de idéias, criativo e empreendedor,
que decidiu modernizar o estabelecimento.

Fez mudanças e chamou os funcionários para as novas instruções.
Ao porteiro disse:
- A partir de hoje, o senhor, além de ficar na portaria, vai preparar um relatório semanal onde registrará a quantidade de pessoas que entram e seus comentários e reclamações sobre os serviços.

- Eu adoraria fazer isso, senhor - balbuciou - mas eu não ser ler nem escrever!!

- Ah! Quanto eu o sinto! Mas se é assim, já não poderá seguir trabalhando aqui.

- Mas Senhor, não pode me despedir, eu trabalhei nisto a minha vida inteira, não se fazer outra coisa.

- Olhe, eu compreendo, mas não posso fazer nada pelo senhor. Vamos dar-lhe uma boa indenização e espero que encontre algo que fazer. Eu sinto muito e que tenha sorte.

Sem mais nem menos, deu meia volta e foi embora.
O porteiro sentiu como se o mundo desmoronasse.
Que fazer? Lembrou que no prostíbulo, quando quebrava alguma cadeira ou mesa, ele a arrumava, com cuidado e carinho.
Pensou que esta poderia ser uma boa ocupação até conseguir um emprego.
Mas só contava com alguns pregos enferrujados e um alicate mal conservado.
Usaria o dinheiro da indenização para comprar uma caixa de ferramentas completa.
Como o povoado não tinha casa de ferragens, deveria viajar dois dias em uma mula para ir ao povoado mais próximo para realizar a compra. E assim o fez.

No seu regresso, um vizinho bateu à sua porta:
- Venho para perguntar se você tem um martelo para me emprestar.

- Sim, acabo de comprá-lo, mas eu preciso dele para trabalhar ... já que fiquei sem emprego ...

- Bom, mas eu o devolverei amanhã bem cedo.

- Se é assim, está bom.

Na manhã seguinte, como havia prometido, o vizinho bateu à porta e disse:
- Olha, eu ainda preciso do martelo. Porque você não o vende para mim?

- Não, eu preciso dele para trabalhar e além do mais, a casa de ferragens mais próxima está a dois dias mula de viagem.

- Façamos um trato - disse o vizinho. Eu pagarei os dias de ida e volta, mais o preço do martelo, já que você está sem trabalho no momento. Que lhe parece?

Realmente, isto lhe daria trabalho por mais dois dias ... aceitou.
Voltou a montar na sua mula e viajou. No seu regresso, outro vizinho o esperava na porta de sua casa.

- Olá, vizinho. Você vendeu um martelo a nosso amigo.

- Eu necessito de algumas ferramentas, estou disposto a pagar-lhe seus dias de viajem, mais um pequeno lucro para que você as compre para mim, pois não disponho de tempo para viajar para fazer compras. Que lhe parece?

O ex-porteiro abriu sua caixa de ferramentas e seu vizinho escolheu um alicate,
uma chave de fenda, um martelo e uma talhadeira. Pagou e foi embora.
E nosso amigo guardou as palavras que escutara: "não disponho de tempo para viajar para fazer compras".

Se isto fosse certo, muita gente poderia necessitar que ele viajasse para trazer as ferramentas. Na viajem seguinte, arriscou um pouco mais de dinheiro trazendo mais ferramentas do que as que havia vendido.
De fato, poderia economizar algum tempo em viagens.
A notícia começou a se espalhar pelo povoado e muitos, querendo economizar a viajem, faziam encomendas.
Agora, como vendedor de ferramentas, uma vez por semana viajava e trazia o que precisavam seus clientes.
Com o tempo, alugou um galpão para estocar as ferramentas e alguns meses depois, comprou uma vitrine e um balcão e transformou o galpão na primeira loja de ferragens do povoado.

Todos estavam contentes e compravam dele. Já não viajava, os fabricantes enviavam-lhe seus pedidos. Ele era um bom cliente. Com o tempo, as pessoas dos povoados vizinhos preferiam comprar na sua loja de ferragens, do que gastar dias em viagens.

Um dia ele lembrou de um amigo seu que era torneiro e ferreiro e pensou que este poderia fabricar as cabeças dos martelos. E logo, por que não, as chaves de fendas, os alicates, as talhadeiras, etc.. E após foram os pregos e os parafusos ...
Em poucos anos, nosso amigo se transformou, com seu trabalho, em um rico e próspero fabricante de ferramentas.

Um dia decidiu doar uma escola ao povoado.
Nela, além de ler e escrever, as crianças aprenderiam algum ofício.
No dia da inauguração da escola, o prefeito lhe entregou as chaves da cidade, o abraçou e lhe disse:

- É com grande orgulho e gratidão que lhe pedimos que nos conceda a honra de colocar a sua assinatura na primeira página do Livro de Atas desta nova escola.

- A honra seria minha - disse o homem. Seria a coisa que mais me daria prazer, assinar o Livro, mas eu não sei ler nem escrever, sou analfabeto.

- O senhor?!?! - disse o prefeito sem acreditar. O senhor construiu um império industrial sem saber ler nem escrever? Estou abismado. Eu pergunto:
- O que teria sido do senhor se soubesse ler e escrever?

- Isso eu posso responder - disse o homem com calma. Se eu soubesse ler e escrever ... ainda seria o porteiro do prostíbulo!!!!!

Geralmente as mudanças são vistas como adversidades.

As adversidades podem ser bênçãos. As crises estão cheias de oportunidades.

"UM CHUTE NO TRASEIRO, PODE SER UM PASSO À FRENTE" ....

Reflita!!!

 

Oferta da amiga Bloguista  coisasdocoracao

 

 

Gosto das frases que aqui se encontraam e acho que são bastante verdadeiras. 

Muito Obrigada e agora vou passar a

 

antonio

pingodemel 
Blogadinha
daplanicie

publicado por TiBéu ( Isa) às 10:35
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

É preciso Esforço

Certo dia, um homem caminhava por uma estrada deserta, quando começou a sentir fome. Não estava prevenido, pois não sabia que a distância a ser percorrida era tão longa.

Começou a prestar atenção na vegetação ao longo do caminho, na tentativa de encontrar alguma coisa para acalmar o estômago. De repente, notou que havia frutos maduros e suculentos em uma árvore. Aproximou-se, mas logo desanimou, pois a árvore era muito alta e os frutos inacessíveis.

Continuou andando e foi vencido pela fome e o cansaço. Sentou-se à beira do caminho e ficou ali, lamentando a sorte.

Não demorou muito e ele avistou outro viajante que vinha pelo mesmo caminho. Quando o viajante se aproximou, o homem notou que ele estava comendo os frutos saborosos que não pudera alcançar. Assim, perguntou-lhe:

- Amigo, que belos frutos você encontrou.

- É - respondeu o viajante - eu os encontrei no caminho. A natureza é pródiga em frutos suculentos.

- Mas você tem a pele machucada - observou o homem.

- Ah, mas isso não é nada! São apenas alguns arranhões que ficaram pelo esforço que fiz ao subir na árvore e colher os frutos.

E o homem, agora com mais fome ainda, ficou sentado, resmungando, de estômago vazio, enquanto o outro viajante seguiu em frente.

Alguns de nós também são assim... Ficam sentados, lamentando o sofrimento, mas não abrem mão da acomodação para sair em busca da solução. Esquecem que é preciso fazer esforços, lutar, persistir.

É muito comum ouvir pessoas gritando por um lugar ao sol, mas as que verdadeiramente querem um lugar ao sol trazem algumas queimaduras, fruto da luta pelo ideal que almejam.

Outras, mais acomodadas, dizem que “Deus alimenta até mesmo os pássaros. Por que não haveria de providenciar o de que necessitam?“ Essas estão certas, em parte, pois se é verdade que Deus dá alimento aos pássaros, também é certo que ele não o joga dentro do ninho.

O trabalho de busca pelo alimento é por conta de cada pássaro, e muitas vezes isso não é fácil. Há situações em que eles se arriscam e até saem com alguns arranhões.

Buscar é movimento, é esforço, é ação. No entanto, é preciso saber o que se busca e por qual porta desejamos entrar.

Ainda aí, nossa escolha é totalmente livre. Nossa vontade é que nos conduzirá aonde queremos chegar. Sendo assim, façamos a nossa escolha e optemos por chegar lá, e chegar bem.

 

Autor desconhecido

publicado por TiBéu ( Isa) às 13:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Pensamento

 

 

O coração humano é um instrumento de muitas cordas. O perfeito conhecedor dos homens sabe fazê-las vibrar todas, como um bom músico.


(Charles Dickens)

publicado por TiBéu ( Isa) às 09:57
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
!ATT280902.gif

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28

Link-Me Histórias de Encantar



posts recentes

Abóbora

Faça acontecer

É Mais Fácil Assim

Amigos

Pessoas são Presentes

Guarde

Desejo

Um dia eu vou...

Fale bem da vida!

Muito bom nem sempre é ót...

Presente de Natal

...

Carta ao Pai Natal

Estrelas do Mar

Você estará cansado

O valor da persistência

Você não precisa disso

Quando as coisas vão mal

Avalie melhor suas prior...

"A FORMIGA E A FOLHA"

Doar

Dê mais um passo !!

Transtorno e frustação

Você tem sorte ?

Focalize sua mente no suc...

Seja você mesmo

D I L E M A

imagine

Você é resultado daquilo ...

Ensinando o cavalo a voar

O destino de cada um

: Acerte o alvo

Como fazer um amor durar

Sucesso sempre

Mais ou menos

A auto-imagem que você te...

Em busca do tempo

Profissão Mãe ...

A auto-imagem que você t...

Ouse fazer

Mais bonitas do que sarda...

Saudades de outro Tempo

Hoje fica uma dica muito ...

BOM ANO

Cota do "sim" e do "não"

UM SANTO NATAL

Bambu chinês

O valor de um abraço

Motivos de ter felicidade

Sabedoria

arquivos

Fevereiro 2011

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

links


presentes.gif
 

Contador

online Para todos

Send a Dozen Roses at bigoo.ws
blogs SAPO